lay novo + aviso

Heey girls, e então que tal o novo lay? D+ né?
participem da nossa pesquisa viu ?
E o aviso o blog de encomendas está abertíssimo
http://encomendasweheartballet.blogspot.com
por hoje é só (eu sei que o post foi  pequeno, desculpa pessoal :/ )
Bjinhos e disfrutem do blog de encomendas :D

tag novamente

  1. Divulgar o blog que me tagueou 
  2. Postar 10 imagens do que menos gosta
  3. Indicar 10 blogueiras para dar continuidade a tag.
Vem comigo para... ah, você já sabe!!


1. Quem maltratam os animais (enfermeira nojenta)
Quem maltrataria esse fofinho aí? =(
2. Tristeza

3. Plágio

primeiríssima tag do blog

 Vou ter que falar de 10 coisas que menos gosto!
 Divulgar o blog que me mandou o Tag ( http://only-girls2.blogspot.com/ )
 Postar 10 imagens do que menos gosto
 Indicar 10 blogueiras para dar continuidade á tag

 Pessoas Falsas


 Pessoas que gritam em vez de falar



To de volta

Heey girls estou de volta :D
O lay está ficando Lindooo!!
e agora terão vagas para blog irmão quem quiser ser, peça neste post .
Estou fazendo um formulário de pesquisas para vocês darem suas opiniões sobre o blog
O blog de encomendas ainda não foi aberto mas logo será :D



Sem postar + aviso

Gente querida ando com muito pouco tempo de postar e ando muito atarefada, também estou preparando um novo lay pro blog, fazendo um blog d encomendas para vocês e estou já com uma encomenda então desculpem -me pelo incoveniente :/
mas vocês irão ficar assim -->
com o novo estilo do blog e com as novidades

Aguardem e se surpreendam :3

Aviso: pleaseeeee votem no meu blog lá no concurso "blog de 2011"  votem

Moda estilo bailarina

A moda bailarina sempre esteve por aí, em meio a tules, cintura marcada etutus (e que atire a primeira pedra quem não tenha pelo menos uma sapatilha dentro do armário!). Desde o início do século XX essa tendência saiu dos palcos e desfila pelas ruas impulsionada por grandes nomes, como Coco Chanel. Agora neste ano de 2011, ela volta com tudo, graças ao sucesso do filme Black Swan.

Está moda em algumas passarelas é muito fofa pois:
- Deixa você com um ar super leve
- Você fica muito delicada
- Você fica linda
- As roupas são doces e suaves
- As cores são claras e perfeitas para bailarinas

A delicadeza de uma bailarina entre passos da dança. A estética minimalista do roupas simples, e delicadas pouca maquiagem e suavidade destaca os seus movimentos

Bailarino(a),relaxe seus pés…


Siga essas dicas e tenha seus pés sempre bem preparados para o trabalho nas pontas. 
O que fazer depois da aula? nada de se jogar na cama ou nem dá uma atençãozinha pra os seus pés que tanto trabalharam.  - Faça um escalda-pés. Coloque os pés mergulhados em uma bacia com água morna, de preferência com alguma essência aromática (opcional), e também um pouco de sal grosso. Se puder, também coloque bolinhas de gude no fundo do recipiente para massageá-los. É muito bom e relaxante! 
Crie o bom hábito e:
  • Esfolie uma vez por semana; a esfoliação retira as peles mortas, e ajuda na renovação da epiderme. O efeito é imediato, seus pés ficarão bem mais macios! 
  • Hidrate-os! Isso é essencial para manter pés saudáveis, bonitos e relaxados. Pode ser uma vez ao dia, de preferência antes de dormir.
  • Higiene sempre! Lave muito bem seus pés com um sabonete antibacteriano, e não esqueça de secá-los bastante também, pois se eles permanecerem úmidos é provável que haja proliferação de fungos ou bactérias. Outra dica é utilizar talcos na região, pois eles mantém a pele mais seca, por mais tempo.
Alguns probleminhas.. como cuidar?
  • Unha encravada- muito simples, somente corte sua unha reta, só que existe pessoas que o formado da unha reta encrava, nesse caso o correto é cortar levemente arredondada ou pergunta ao seu podologo qual o modo correto de cortar o seu tipo de unha. nunca deixe crescer (muito)para corta, assim vc evita que ela chegue a encravar.
  • Joanete - para quem já tem, usa-se um protetor noturno,é o melhor, tem alguns protetores que usa-se dentro da sapatilha, mas o melhor é o noturno, por que é nesse momento em que seus pés estão relaxados
  • Bolha e Calos - .nunca estoure as bolhas, por que ao estourar pode vira uma infecção, para evitar os calos, pode usar bandagem ou usa-se uma fina camada de algodão e cole com esparadrapo na região de incomodo ou de atrito.
  • Carne Viva -  Nesse caso tem que se fazer curativo diário com gaze esterilizada e AGE (óleo de girassol cicatrizantes encontra-se facilmente em farmácias) e fazendo bandagem dependendo da área da lesão para melhor fixar o curativo. Nunca fique esperando aumentar o tamanho da ferida, irá demora mais tempo para sará. E se for necessário passe a usar a meia ponta enquanto não sarar ou pelo menos melhorar. Seu professor(a) vai entender
Outras e Valiosas dicas:
  • noite é o melhor horário de cuidar dos pés em casa;
  • Faça massagem nos pés com ou sem creme/oleo;
Atenção! —> não passe creme todos os dias porque dependendo do creme ele afina a pele do pé, e pode ocasionar as “carnes vivas” nas bailarinas.
  • A ponteira de silicone é otima para minimizar os impactos dos dedos na sapatilha;
  • Use talcoPolvilhar uma pequena quantidade de talco dentro dos seus sapatos irá ajudar a manter seus pés secos e impedi-los de fricção. Use talco ou amido de milho. Polvilhe uma pequena quantidade dentro de cada sapato e em seus pés descalços, antes de cair na dança.
  • Tapar pontos vermelhos - não espere a lesão abrir, um pontinho vermelho na pele é um sinal de aviso que é uma bolha prestes a se desenvolver. E você tocar nesses pontinhos verá que estão quentes. Tapar áreas suspeitas com bandagens, esparadrapo ou gaze.
  • Tenha uma Boa Alimentação, isso ajuda e muito no tratamento e na Prevenção de doenças nos Pés.

Thanks

theballetblog:

Marianela Nunez (Lilac Fairy Variation, Sleeping Beauty)
 
Agradeço á todos que seguem, que comentam, que vizualizam o We ♥ Ballet.
Vocês que sempre me ajudaram ao blog chegar aqui!!
Graças á vocês estamos com 100 seguidores muito obrigada mesmo á todos


                                             Ps. Que bailarina não quer ter essa pirouette (Meuuu Deuus *o*)

Questões: Como eu posso saber que eu possuo um bom arco de pé?

É simples basta observar o quanto você consegue arqueá-lo sobre a meia ponta e a resistência ou seja por quanto tempo você consegue manter-se nessa posição:

Também pode esticar o pé a frente ou ao lado do corpo com os dedos em direção e apontados para o chão, quanto mais conseguir arqueá-lo mais o seu colo de pé é desenvolvido:

Se ver que precisa melhorar, você pode encontrar exercícios variados na tag “Dicas para melhorar seu desenvolvimento”.

Ballet


 

Ballet é vida
Ballet é alma
Ballet é sonho
Ballet é alegria
Ballet é amor
Ballet é força
Ballet é esforço
Ballet é simplesmente
Tudo para qualquer bailarina

                                           Texto by: Amanda Angeli Sousa

Técnica do ballet clássico


balletshoesA técnica do ballet refere-se a um sistema de anatomia correto com estratégias que permitam atingir a articulação, combinando execução e expressão artística dos passos de ballet.
A técnica de ballet tem apenas pequenas variações regionais a nível mundial. Diversos métodos de treinamento foram criados,  para cada estilo de ballet um treinamento específico.
O Ballet (especialmente ballet clássico) coloca grande ênfase sobre o método e execução do movimento.
A técnica do ballet pode referir-se a princípios fundamentais e as etapas em que os passos de ballet são construídos.
Estes princípios fundamentais e as etapas incluem alongar o corpo –  “puxar para cima” (uma expressão popular usada para descrever boa postura e elevação dos músculos de forma a aumentar a participação, qualidade e quantidade de voltas de uma piroueta, e um alinhamento adequado), postura, apontando o dedo do pé, e flexibilidade.
Em geral, referindo-se à execução de dança, uma bailarina com boa técnica exige um bom alinhamento.Quando o alinhamento refere-se a capacidade da bailarina de manter a cabeça, ombros e quadris alinhados verticalmente, refere-se a capacidade da bailarina  para realizar movimentos alternados com as pernas e braços, com saltos e giros.

Talco

http://danielasalu.blog.uol.com.br/images/talco.jpgToda bailarina que usa saptilha de ponta sabe como é importante o talquinho. Que é usado para:

- Para absorver a úmidade da ponteira
- Para que a ponteira escorregue
- Para que fique facil de usar na ponta
- Para absorver a úmidade da ponta 
- Para deixar uma cheirinho agradável na sapatilha e na ponteira
- Para a ponteira não machucar o pé

Novo cabeçalho


Oii pessoas que amam dançar (ou não) eu quero a opinião de vocês neste cabeçalho que eu fiz para o blog : D

ballet

O ballet é a dança mais complexa que existe. Seus movimentos que não se limitam somente ao chão, explora também o ar em saltos surpreendentemente belos. O preparo necessário para a execução de cada movimento, a graciosidade dos bailarinos misturadas a força é o que dá toda a grandeza dessa arte doce e forte.stória do Ballet
      As origens do balé surgiram em celebrações públicas italianas e francesas nos séculos XV, XVI e XVII. Na Itália a impulsiva representação dramática resultou no balleto, --- de ballo (" dança" ) e ballare ("dançar" ) --- enormes espetáculos durando horas (e até mesmo dias) e utilizando dança, poemas recitados, canções e efeitos cênicos, todos organizados em torno de um enredo principal e com homens e garotos ricamente trajados no lugar da corte encenando os principais papéis. Os espetáculos eram apresentados em grandes salões ou em quadras de tênis (Teatros modernos não eram construídos antes do séc. XVI). A audiência para estas apresentações era composta principalmente por pessoas da corte, que contratavam dançarinos de alto escalão para ensinar aos amadores. Em 1460, Domenico da Piacenza escreveu um de seus primeiros manuais de dança.
Ballet Romântico
      O Ballet Romântico é um dos mais antigos e que se consolidaram mais cedo na história do Ballet. Esse tipo de dança atraiu muitas pessoas na época devido o Movimento Romântico Literário que ocorria na Europa na primeira metade do século XIV, já que se adequava à realidade da época, pois antes as pessoas diziam que não gostavam de Ballet porque não mostrava nada do real. Os ballets que seguem a linha do Romântico pregam a magia, a delicadeza de movimentos, onde a moça protagonista é sempre frágil, delicada e apaixonada. Nesses Ballets se usam os chamados tutus românticos, saias mais longas que o tutu prato. Estas saias de tule com adornos são geralmente floridas, lembrando moças do campo. Como exemplos de Ballets Românticos podemos citar 'Giselle', 'La Fille Mal Gardèe' e 'La Sylphides'.
Ballet Clássico
      O Ballet Clássico, ou Dança Clássica, surgiu numa época de intrigas entre os Ballets Russo e Italiano, que disputavam o título de melhor técnica do mundo. Sua principal função era expremer ao máximo a habilidade técnica dos bailarinos e bailarinas e o virtuosismo que os passos de ballet poderiam mostrar e encantar toda a platéia. Um exemplo deste virtuosismo são os 32 fouettés da bailarina Pierina Legnani em 'O Lago dos Cisnes', ato que fazia milhares de pessoas ficarem de boca aberta. Esses Ballets também se preocupavam em contar histórias que se transformaram basicamente em contos de fadas. Nestes Ballets procura-se sempre incorporar seqüências complicadas de passos, giros e movimentos que se adaptem com a história e façam um conjunto perfeito. No Ballet Clássico a roupa mais comumente usada eram os tutus pratos, aquelas sainhas finas de tule, marca característica da bailarina, pois permitiam que as pernas da bailarina fossem vistas e assim ficasse mais fácil verificar se os passos estavam sendo executados corretamente. Como exemplos de Ballets Clássicos temos o já citado 'O Lago dos Cisnes' e 'A Bela Adormecida'.

Bailarina

Bailarina

Palavra Cantada

Pisar no chão com a ponta do pé.
Tocar o céu com a palma da mão.
Manter ereta a postura, amolecer a cintura.Balé precisa de dedicação.
O bê a bá é o padeburrè.Depois vem o padedè, dois pliè.
Nasci pra ser bailarina, é só por a sapatilha já sinto bater o meu coração.
Papai um dia me deu um conselho: treinar sozinha na frente do espelho.
Às vezes sonho que estou dando um salto e caio bem no meio de um palco.
Tocar o céu com a ponta do pé
Pisar no chão com a palma da mão.
Com longos alongamentos, o corpo é um instrumento.
Balé precisa de dedicação.
Com longos alongamentos, o corpo é um instrumento.
Balé precisa de dedicação.


O ballet


Belas sapatilhas, tutu, collant... Como é lindo ser uma bailarina! Mas por trás de todo esse glamour está uma importante atividade física que cuida do corpo, da mente e ainda ensina muita disciplina.


O balé (ou ballet) é um estilo de dança que vem do termo italiano ballare que significa bailar. Os seus princípios básicos são postura correta e ereta, uso da rotação dos membros inferiores, verticalidade e elasticidade corporal e a simetria. Já deu pra notar que a prática exige muito esforço e força de vontade!

A prática é muito apreciada pelas garotas porque ensina os fundamentos básicos de qualquer tipo de dança - e é claro que todas as meninas adoooram dançar! Além de garantir vários benefícios para a saúde e o corpo, você tende a ficar mais solta e animada para treinar e dominar todos os passos...


O balé tem vários estágios: o clássico é onde você vai aprender os passos básicos e quando estiver totalmente ambientada com a dança e dominar a técnica pode passar para o contemporâneo, que é mais difícil e exige mais técnica.

Que roupas usar nas aulas de Ballet?

Um simples collant e um par de meias é a melhor coisa a se vestir para a aula. Os collants estão disponíveis em várias cores e desenhos. Invista em uma saia ou short para dar um estilo a mais!

Que roupa usar nas aulas de ballet?


ballet-criancas-barraQue roupas usar nas aulas de Ballet?
Para decidir o que você deve vestir nas aulas de ballet, manter em mente o seguinte: conforto e simplicidade. As roupas que se vestem para praticar ballet devem permitir-lhe mover facilmente e para poder ter alongamento. Suas roupas também devem ser justas o suficiente para o seu professor poder verificar o seu alinhamento durante determinados movimentos. Além disso, nunca use sua sapatilha de ballet como sapatos na rua.
Mulheres e meninas:
Um simples collant e um par de meias é a melhor coisa a se vestir para a aula. Os collants estão disponíveis em várias cores e desenhos, incluindo sem mangas, mangas curtas e mangas longas. Podem usar também uma saia ou um short para dar um estilo e se preferir para se sentir mais a vontade.
Homens e meninos:
Uma simples roupa de dança justa como calças ou shorts como uma camiseta baby-look também justa, ou uma malha, como preferir. Todos os bailarinos tradicionais usam cintos de dança.

Primeira aula de Ballet

ballet-para-iniciantesO início do Ballet para Crianças!!!
Começar a fazer balé é divertido e excitante para as crianças. Uma jovem bailarina tem tantas coisas para aprender. Se o seu sonho é tornar-se uma primeira bailarina, é preciso muita prática, a fim de dominar e desafiar muitos exercícios e passos de balé. Você vai começar a aprender as regras e as técnicas tradicionais de balé, que têm sido proferidas, ao longo dos séculos. Você vai começar a lentamente, passando as mais difíceis etapas.
Este guia irá ajudá-lo no seu estudo de ballet:
Se você é novo no ballet, provavelmente está um pouco ansioso sobre como iniciar as aulas de ballet. Você pode estar se perguntando sobre um monte de coisas, como o que você deve usar e como o estilo do seu cabelo. Você pode perguntar como vai ser suas aulas de ballet, e que tipos de coisas que você irá aprender. Tenha em mente que a maior parte dos outros alunos em sua classe provavelmente será de novo no ballet também. Então, relaxe e aproveite este momento especial da sua vida, sua primeira aula de ballet.
As primeiras etapas da aula de Ballet!
Nas suas primeiras aulas de ballet será apresentada à vocês às posições básicas e técnicas de balé. Será ensinado o modo de alinhar o seu corpo corretamente, incluindo o modo de segurar suas mãos e como ficar na meia ponta dos pés. Será ensinado práticas simples durante a aula, como pular e saltar para melhorar sua coordenação e flexibilidade.
Uma das primeiras coisas que uma bailarina aprende é como alinhar corretamente corpo. Um dos fatores distintivos de um bailarino é a excelente postura, enquanto dança ou não. Você pode encontrar o seu centro de equilíbrio, imaginando uma linha reta que atravessa sua coluna. A fim de alcançar a boa postura, bailarinos devem praticar todos os dias. No começo, você pode achar útil segurar uma barra levemente para equilíbrio. Os passos seguintes irão ajudá-la.
* Com os pés na primeira posição, saltar e tocar os pés virado para fora (en dehors), com os joelhos retos.
* Puxe nos músculos na sua barriga. Contraindo o abdome.  
* Apertar os músculos em sua parte inferior e alinhe suas costas.
* Puxe para cima os músculos em suas pernas.
* Abrir os ombros, a empurrá-los para baixo e para trás.
* Mantenha os braços para baixo na frente do corpo, com os cotovelos ligeiramente dobrados e as mãos relaxadas.
* Levantar o queixo, alongar o pescoço.
* Respire profundamente e relaxe.
Dicas:
Mantenha seus ombros para baixo e aberto.
Olhe para cima e para fora, nunca para baixo em seus pés.
Olhar em um espelho para verificar a sua postura.

Melhorando a técnica dos seus passos

ballet8
Como melhorar: dedicar-se

Nós todos ouvimos o velho ditado “A prática leva à perfeição”.
Embora isso seja óbvio para alguns, há muitas pessoas que simplesmente não sabe como fazer isto. Ele não se aplica especialmente para a dança, como acontece em qualquer profissão ou hobby.
A principal diferença entre um amador e um profissional é que o profissional dedica a sua vida para chegar a perfeição, enquanto muitos amadores somente praticam. Eles, muitas vezes perguntam porque o seu nível de habilidade não está a par com os mestres, ou procura um atalho para se tornar tão bons como os profissionais.
Há muitas boas dicas e ensinamentos, mas não há nenhuma mágica a fazer. Alguns tem mais habilidades do que outros, mas há uma enorme margem de aprendizagem que simplesmente leva tempo e dedicação: horas de prática por dia, estudo, bons professores, e um bom ambiente de aprendizagem.
Quando você dedica sua vida a algo, você gasta incontáveis horas por dia aperfeiçoando sua técnica, e muitas horas estudando tanto quanto humanamente possível.
Não há nenhuma maneira possível que alguém possa atingir seu pleno potencial em algo, se não está gastando horas por dia para se tornar o melhor absoluto.
Da próxima vez que você invejar o seu favorito bailarino e suas habilidades, lembre-se que ele, provavelmente, dedicou a sua vida ao ofício. Você pode imaginar como seria bom se você se dedicasse para alguma coisa algumas horas por dia? Não vai só melhorar … Você vai alcançar alturas que você nunca sonhou.

Melhorando sua postura durante aulas e apresentações!

A importância de linhas, e como os alunos se beneficiam por tê-las definidas.
Todo bailarino já ouviu que precisa melhorar as suas linhas, controlar as suas linhas, ou alongar suas linhas. Quais são as linhas, ou linhas do corpo, para bailarinos?
As linhas do bailarino é a maneira na qual seus membros se estendem através do espaço em que eles estão dançando. Linha descreve o uso dos bailarinos do espaço em torno deles. Seja ou não um bailarino excepcional tem pernas longas ou proporções longas, não importa em termos de linhas. Existem várias maneiras para cada bailarino para alongar o que ele ou ela não tem. Abaixo estão as dicas que os bailarinos podem tomar para encontrar suas linhas perfeitas.
bailarina-lago-dos-cisnes-no-cambre5

Dica 1: Esteja consciente do espaço ocupado pelo bailarino, ele deve estar sempre consciente do seu corpo, seja em movimento ou parado. Deve haver um esforço constante para estender o corpo em todas as direções, alongando o pescoço, abaixando os ombros, e extensão dos membros.
Os bailarinos também devem estar cientes de que trabalham para os seus corpos individuais. Eles devem saber quais os ângulos podem encurtar as suas linhas e ângulos que adicionam o comprimento de seus membros. Na maioria dos casos, as linhas paralelas (um braço estendido para a parte traseira com a perna em arabesque primeiro, por exemplo) vai dar a ilusão de comprimento.
Dica 2: Usar o espaço ao redor do corpo em toda a coreografia, os pés devem estar completamente estendidos a todo o momento que estiver fora do chão. Uma posição de atitude mais aberta, por exemplo, pode fazer a parte superior do corpo parecer mais abertos e alongados com o tronco. Corpo reto com os ombros baixos, os braços bem esticados também podem fazer os braços e pescoço com as linhas mais longas.
A cabeça da bailarina é uma extensão do seu pescoço, e deve estar sempre levantada. Linhas do corpo podem parecer com mais acabamento, levantando o queixo em vez de olhar diretamente para frente. O olhar deve estar voltado para além dos dedos da bailarina, para completar a ilusão de linhas estendidas.

Dicas para iniciantes de pontas

sapatilhas-de-ponta2Dançar na ponta, é um objetivo importante na vida de uma bailarina clássica. Requer uma tremenda força das pernas e nos pés. Muitos professores de ballet têm exigências para iniciar o trabalho da sapatilha de ponta. Como saber quando você está pronta para usar as sapatilha de ponta? As cinco dicas a seguir são os requisitos que devem ser atendidos antes de começar as aulas de ballet nas pontas.


Ter idade para “entrar” nas pontas!
A idade ideal para começar a trabalhar nas pontas é controversa. Muitos especialistas acreditam que um bailarino pode começar a dançar na ponta, com pelo menos 9 ou 10 anos de idade. Alguns professores não atribuem um número a todos, eles simplesmente confiam na habilidade da bailarina. No entanto, o crescimento e fortalecimento dos pés acontecem quando estão prestes a completar 11 anos de idade ou 12 anos, muitos concordam que o trabalho da ponta poderia ser introduzido nesse momento. Nunca tente dançar nas sapatilhas de pontas, sem um professor para te orientar, vai ser fácil de você se machucar.
Quantos anos de formação nas pontas!
Você não pode começar uma carreira no ballet já nas sapatilhas de pontas. A fim de ser capaz de dançar na ponta, um bailarino deve ter tempo para atingir a forma, força e alinhamento necessário para fazer uma transição bem sucedida para o trabalho a ponta. A técnica apropriada é necessária para poder usar os pés, sem riscos de lesão.
Aulas de pontas!
A fim de manter a boa técnica e a flexibilidade necessária para o trabalho das pontas, é necessário aulas de ballet pelo menos três vezes por semana. A aula deve seguir como aula normal, talvez, prorrogar o tempo de aula por meia hora. Isso garante que todo o corpo, especialmente nos pés e tornozelos, são devidamente aquecidos.
Preparação física para dançar nas pontas!
Todas as bailarinas deverão ser avaliadas pelo seu professor de ballet para determinar se elas estão fisicamente prontas para atender as exigências do trabalho nas pontas. O professor deve verificar a posição correta do corpo e alinhamento, a afluência suficiente, força e equilíbrio, e domínio das técnicas básicas do ballet.
Maturidade Emocional para o trabalho nas pontas!
O trabalho nas pontas é trabalho duro. As aulas com as sapatilhas de pontas serão mais exigentes para o seu corpo, especialmente para os seus pés. Você está preparado para sofrer com os pés doloridos e bolhas ocasionais? Além disso, as sapatilhas de pontas são complicadas e exigem um certo nível de responsabilidade de mantê-las. Você deve aprender a maneira correta de colocá-las em seus pés e amarrá-las em seus tornozelos. Você também deve cuidar delas corretamente para mantê-las em bom estado. Além disso, você está pronta para dedicar pelo menos três horas por semana para aulas de ballet? Escolher dançar na ponta é uma decisão que deve ser levada a sério!

5 passos para o bailarino ter uma boa expressão facial


A importância da expressão facial.
musical-broadway1Cada dança precisa ser interpretada e ter comunicação com o público. É um trabalho do bailarino para dar vida a qualquer peça coreográfica. A única maneira de fazer isso é através de verdadeira emoção, personalidade e expressão. No início de realização da formação, um bailarino se esquece de suas expressões de rosto ou a falta dela. Alguns optam por apenas um sorriso.
1- A alma de uma dança está na cara
Quando o desempenho do bailarino começa a amadurecer o bailarino aprende a usar a expressão facial como a alma da sua dança. Ele se torna o gesto que vende a dança para o público como um ator vende a sua qualidade de observadores de teatro. É a verdadeira emoção da dança que faz com que seja uma arte em primeiro lugar. A bailarina que não expressa emoção e expressão durante a dança se torna desinteressante e aborrecido.

5 passos para fazer um Grand Écart – Abertura das Pernas

Passo 1
• Comece pelo rebaixamento em uma perna.
• Certifique se os joelhos estão na posição certa.
• O quadril deve estar retinho, sem desencaixar.
• Mantenha os ombros de frente e para cima, com as mãos no chão para o equilíbrio.
• Delicadamente estique seu corpo para a frente, sentindo um alongamento agradável.
• Mantenha o alongamento por 20 a 30 segundos, sem sair.
Para aprender a fazer uma abertura frontal.
foto-abertura-1

Sapatilha de couro ou de lona?

Qual sapatilha escolher na hora da compra? De couro ou de lona?
Alguns bailarinos dizem que as sapatilhas de lona são mais confortáveis, mas alguns preferem a sensação da sapatilha de couro.
Algumas sapatilhas de lona se encaixam mais confortavelmente nos pés e são mais fáceis de dançar, mas as sapatilhas de couro duram mais tempo.
Qual sapatilha que você prefere?
Partilhe as suas razões com os outros leitores do We ♥ ballet. Compartilhe o que você prefere!

Esmaltes de balet ^.^


Oi,gente!
Olhem só que lindas as cores da nova coleção de esmaltes da AVON,são inpiradas no ballet.
 Os esmaltes:

Meia ponta-cintilante,
Laço de fita-cintilante, 
Sapatilha-cremosa, 
Bailarina-cintilante e  
Ballet que também é cintilante.


Qual cor de esmalte você mais gostou?Eu amei o esmalte Bailarina

Férias (cheguem logo)

http://2.bp.blogspot.com/_P55ZLkMAFaw/TCvMsiX6P8I/AAAAAAAAAGo/9KgmmqpBuTY/s1600/sono_sapatilhasw.jpg
Aii gente, to LOUCAAA para que chegue as férias da escola, porque agora estou super cheia de provas e trabalhos (por isso que não postei muito hoje nem no fim de semana) .
Férias, por favor cheguem pra miim, para esquecer as provas trabalhos e temas, e que apenas fique o ballet !!!!

Cuide muito bem de suas sapatilhas

Algumas bailarinas não cuidam tão bem das suas Sapatilhas de Ponta, elas não tiram a Sapatilha da bolsa, não retiram a ponteira da Sapatilha, deixam elas em qualquer canto, as jogam, etc.
A Sapatilha de Ponta é para ser cuidada muito bem, já postei algumas dessas dicas, porém irei postar novamente para quem não leu:

- Após uma aula, retire a Sapatilha da bolsa e coloque-a em um local ventilado.
- Nunca deixe a ponteira dentro da Sapatilha.
- Não as joguem em qualquer lugar, procure guardá-las em sacolas de pano.
- Procure usar talco nas ponteiras, nunca as guarde em qualquer lugar.
- Nunca coloque uma dentro da outra na hora de guardar as Sapatilhas.
- Vendo algum rasgo ou algo assim, não mexa.
- Dance!

Essa é minha!!



Esse post vai, especialmente, para as meninas que ainda sonham em ter uma Ponta, não se desesperem, existe uma hora certa para tudo. Vocês estão erradas se acham que Ponta é tudo de bom, vocês tem que estar preparadas para sentirem as dores nos seus lindos pézinhos.
Mas, mesmo assim, não fiquem tristes, e dançem demais!

Medo? Vergonha ?


Nós bailarinas não podemos sentir medo, nem vergonha, eu aprendi isso com o decorrer das aulas e apresentações, essas duas palavras são enormes obstáculos para nós. Medo de palco... Vergonha de dançar na frente de todo mundo...

Marianela Nuñez


Marianela Nuñez nasceu em Buenos Aires e iniciou aulas de dança com 3 anos de idade. Aos 8 entrou no Instituto Superior de Arte do Teatro Colón, onde estudou até ser convidada a integrar o corpo de baile da Companhia, com apenas 14 anos de idade. Foi selecionada para participar em uma excursão como solista, com o Ballet Clasico de la Habana, Cuba. Em 1997, Maximiliano Guerra a escolheu como partner para dançar com ele no Uruguai, Espanha, Itália e no Festival de Ballet do Japão. Foi então convidada para excursionar com a companhia de balé do Teatro Colón na Europa e nos EUA como bailarina convidada.

Em setembro de 1997, sem falar uma palavra em inglês, entrou para o Curso de Pós-Graduação do The Royal Ballet School e no final do ano dançou o papel principal no Soirée Kenneth MacMillan Musicale bem como o papel-título do III ato de Raymonda. Entrou para o The Royal Ballet no início da temporada 1998/99 e foi promovida a Primeira Solista em 2001 e Primeira Bailarina em setembro de 2002.

Little ballerinas

Eu gosto de ver as pequenas bailarinas dançarem, elas não se preocupam com a perfeição do passo, com o equilíbrio, com a flexibilidade, elas se preocupam em dançar...!




 
E as maiores também!!

Aii, que dor!!


Sabe aquela dor nos que você sente quando não está acostumada a fazer algum exercício físico? Bem, já tive essa dor... Mas eu continuei dançando, continuei porque dançar é uma das coisas que me faz feliz!