textinho de ballet do dia


Dançar
Dançar é como crescer
Um processo lento, cheio de surpresas e lutas.
A realização de feitos que parecem
impossíveis de se concretizar.

textinho de ballet do dia


Ser bailarina é tocar o céu com as pontas dos
pés,Caminhar com as palmas das mãos nas nuvens.

É ter o pé calejado da sapatilha,Os dedos
machucados da ponta.

Ser bailarina(o) é ter o corpo de
mola,

É planar no palco a cada salto,
Encantar a platéia com as

textinho de ballet do dia de ontem


Eu quero ouvir o som da chuva
Dançando sobre o telhado
Banhando as flores
Que enfeitam a primavera
Fazendo brotar o grão
Pra saciar toda miséria

textinho de ballet do dia


Ballet do nosso amor

Quando te encontro,
sinto-me ainda aquela menina bailarina,
meus pensamentos voam...
meus pés nem tocam o chão.

textinho de ballet do dia de ontem

BALLET



Amar-te é como sonhar com Obras de Portinari
                                                   [um tanto perspicaz]
Tocar-te é à parte um sonho a mais.

Um pigmento que gera outro pigmento que gera outro e outro...

O que parecia disforme ganha Vida e amplitude.
Incide em brilho. Agude.

E do artista, todos os movimentos
Que parecem tímidos, desatentos,
Ao mais, numa imprecisão precisa e louca,
Tornam-se baluarte de sua imaginação.

Malas-artes?    Talvez...

Bailarino das mãos.    

textinho de ballet do dia


MINHA BAILARINA

Por dentro o nervoso...
Por fora a descontração...
Por dentro a angústia...
Por fora a alegria....
Por dentro a dor...
Por fora graça e leveza...
Por dentro as lágrimas...
Por fora o sorriso...
Por dentro a dúvida...
Por fora a certeza...
Por dentro a cobrança...
Por fora a vitória.
O nervoso de não saber descontraír; a angústia do proximo passo e a alegria do anterior; a dor que com graça e leveza desaparece; as lágrmas de felicidade que se transformam em sorriso; a dúvida se tudo vale a pena, e a certeza de que apesar da cobrança, sim, tudo vale a pena; e no final tudo se tranforma em vitória...
Asiim é essa bailarina:
*Discreta, mas com muita exuberância;
*Alegre, mas com algumas tristezas;
*E além de tudo, sonhadora, e com muitas, muitas realizações.

textinho de ballet do dia


Dança,bailarina,dança...

Dança,bailarina,dança...
Dança,bailarina,dança...
Põe nos teus passos toda a harmonia
E toda a poesia nas pontas de teus pés
Em gestos nobres,faze surgir a fé!!!
Gira,bailarina,gira...
Vai girando e semeando amor,
Mais depressa que as voltas do mundo,
Pra que haja tempo de matar a dor!
Baila,bailarina,baila...
Traze contigo a primavera
Pra florir os campos,florescendo a Terra,
Numa explosão de cores que tua dança encerra.
Faze de tua arte uma suave prece
Capaz de enternecer os corações de pedra
Faze tua música soar tão alto
Calando assim os estopins da guerra!!!
Mostra ao Homem que o teu bailado
Expressa a vida nesse simples ato...
Onde o amor é tudo,onde o amor é nato.
Que em teus saltos ponhas tua garra
Seguindo sempre a luz de teu clarão,
Quebrando muros para unir os povos
Num universo único,onde se dêem as mãos.
Abre tua alma,no esplendor da dança...
Não desistas nunca e verás,enfim,
Bailar no campo,doce e cálida esperança,
Em meio às flores de um lindo jardim...
Fazer com que o amor à arte(ballet),contagie a todos,enternecendo os corações endurecidos,lançando suas sementes pelo mundo e vendo delas,surgir a "Esperança"de um mundo melhor.

textinho de ballet do dia

Estou sentindo como o ballet está mudando minha vida.
É importante ter postura e disciplina em todos sentidos,
e é isso que espero sempre ter.


Eixo nas piruetas

Quando ouvimos a palavra pirueta, logo entramos em desespero, certo?! Pode ser por não saber fazer, ou por ter mesmo medo de girar (oi?!). Eu, por exemplo, ficava desesperada por causa da última opção... Tinha medo de torcer o tornozelo, cair de cara no chão, principalmente quando os giros eram na ponta. Mas, como as minhas professoras diziam: "Toda bailarina cai, é normal!". Então o jeito é se jogar, não ter medo de ser feliz! :-)

Antes de tudo.... treine na barra!

Como comentei no post anterior, trabalhar na barra é fundamental para dar boas piruetas. Capriche bem na sustentação do passé durante os exercícios! Tente tirar os dois os braços da barra e ficar no balancé o tempo que conseguir. Não se preocupe se não conseguir ficar em equilíbrio nem com um dos braços na barra; lembre-se de que no ballet tudo é questão de treino, então comece de frente para barra com os dois braços nela, e depois vá tentando progredir. Mas não esqueça de ficar com o encaixe e postura corretos, e o pé do passé tem que estar em cima ou um pouquinho acima do joelho e bem en dehors, nada de acomodar o pé sobre a perna de base! 

Agora é o momento de tensão: treinando pirueta no centro!

Depois de se preparar na barra, é o momento do tira-teima: a pirueta de centro! Geralmente, as bailarinas e bailarinos iniciantes começam com a piruette em 4ª ou 3ª posição, que é bem mais fácil do que a de 5ª. A preparação do exercício pode ter um pequeno pas de bourré ou pas de valse, e depois o plié. Lembre-se de que você tem que estar bem encaixada nessa hora; é a qualidade do plié que definirá a qualidade e a quantidade das piruetas. Então capriche nele, barriga contraída e pescoço alongado!

Na hora de tirar o passé, lembre-se de não torcer o pé sobre a perna de base, como já disse. É muito feio, não cometa esse erro! E ele tem que ser feito rápido, a perna não pode demorar demais para ficar na posição.

A posição de braço que mais ajuda é da terceira para a primeira. Não esqueça de manter os braços alinhados ao centro do corpo na pirueta, nunca deixe-os tortos.

E o pescoço: é o último que sai e o primeiro que chega!

E lembre-se: sempre tente alongar-se ao máximo durante o giro. Isso aumenta o número de piruetas dadas e torna-as mais bonitas!
Foto retirada deste site.
Espero que tenha ajudado as pessoas que me pediram esse post!

Tem mais alguma dica? Compartilhe conosco!

textinho de ballet do dia


BAILARINA QUE PISA NO CÉU
Bailarina que pisa no céu
Mais leve que um  papel
Leva os sonhos do mundo
Ao mundo belo da arte de bailar.
Deixa o palco e corre nas ruas,
Acentua o passo firme
Em cima da sociedade
E gira em sentido da verdade.

textinho de ballet do dia


LIÇÃO DE BALLET

Tomaste-me a mão
em sedutor convite,
e eu, ingénua de música,
perdi-me no ritmo
e achei-me na voz
que me chamou musa...
Bailámos os dois,
um só coração,
o mar e o mundo,
o nosso salão
e a melodia de fundo,
li-a nos teus olhos
que me reflectiam...



Mas, por puro artifício,
insana teimosia,
forçaste-te em música
de um amor fictício!

Arranquei dos teus olhos
a minha imagem parada,
peguei nos meus sonhos,
fugi, destroçada...

Mas no piso sereno,
reencontrei-me, inteira,
ensaiei equilíbrio,
descobri esperança!
E na contradança,
de mim para mim,
ousei piruettes,
passos de ballet,
num rond de jambe,
tentei arabesques,
segui en avant,
aprendi attitude,
esqueci pas de deux!...

Que sirva isto para te provar
Não preciso de música para dançar!


textinho de ballet do dia




Sapatilhas que vão e que vêm
Figurinos que vem e que vão

Um erro, uma vaia, um desdém
Nem todos num só coração.

Tudo exige perfeição, ação 
Diferença não há nesta dança
Que toma o lugar do coração
A mesma maquiagem da infância.

Mãos para cima para baixo
mãos no tormento, no compasso
no tempo onde me encaixo.

Não quero pois seguir esse passo 
Quero dançar de cabeça pra baixo
Na vida sofro pois nada faço.

(RAFAEL ROSA DOS SANTOS)

textinho de ballet do dia


A bailarina e o Soldado de Chumbo
(Teatro Magico)
De repente toda mágica se acabou
E na nossa casinha apertada
Tá faltando graça e tá sobrando espaço
To sobrando num sobrado sem ventilador

Vai dizer que nossas preces não alcançaram o céu?
Coração, que ainda vem me perguntar o que aconteceu
Conta se seu rosto por acaso ainda tem o gosto meu

Com duas conchas nas mãos,
Vem vestida de ouro e poeira
Falando de um jeito maneira
Da lua, da estrela e de um certo mal

Que agora acompanha teu dia
E pra minha poesia é o ponto final
É o ponto em que recomeço,
Recanto e despeço da magia que balança o mundo

Bailarina, soldado de chumbo
Bailarina, soldado de chumbo
Beijo e dor...
Bailarina, soldado de chumbo

Nossa casinha pequena
Parece vazia sem o teu balé
Sem teu café requentado
Soldado de chumbo não fica de pé

Nossa casinha vazia
Parece pequena sem o teu balé
Sem teu café requentado
Soldado de chumbo não fica de pé


textinho de ballet do dia de ontem


A bailarina
(Cecília Meireles)

Esta menina

tão pequenina

quer ser bailarina.


Não conhece nem dó nem ré

mas sabe ficar na ponta do pé.


Não conhece nem mi nem fá

Mas inclina o corpo para cá e para lá.


Não conhece nem lá nem si,

mas fecha os olhos e sorri.


Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar

e não fica tonta nem sai do lugar.


Põe no cabelo uma estrela e um véu

e diz que caiu do céu.


Esta menina

tão pequenina

quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,

e também quer dormir como as outras crianças.

Oii
Veja agora aqui no blog os novos selinhos do blog com um selinho especial de um ano de blog.
Falando nisso ninguém deu os parabéns ao blog,né? :(
espero que gostem acabaram de sair do forno e vão sair mais e agora vou fazer a promoção de um mês,se você seguir meu blog ganha um selinho exclusivo do "A vida no ballet"!!!

pessoal...

Oii 
gente troquei de escola de ballet
é muito legal gostei muito
mudei dia 10 de maio fiz a primeira aula!!!



Alongamento antes da apresentação


Alongue-se antes de entrar no palco!

textinho de ballet do dia


Ops gente esqueci do textinho de ontem do dia então ta no blog hoje!!:D
Ciranda da bailarina

(Chico Buarque)    

Procurando bem

Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina
E tem piriri, tem lombriga, tem ameba
Só a bailarina que não tem

E não tem coceira
Verruga nem frieira
Nem falta de maneira
Ela não tem

Futucando bem
Todo mundo tem piolho
Ou tem cheiro de creolina
Todo mundo tem um irmão meio zarolho
Só a bailarina que não tem

Nem unha encardida
Nem dente com comida
Nem casca de ferida
Ela não tem

Não livra ninguém
Todo mundo tem remela
Quando acorda às seis da matina
Teve escarlatina
Ou tem febre amarela
Só a bailarina que não tem

Medo de subir, gente
Medo de cair, gente
Medo de vertigem
Quem não tem

Confessando bem
Todo mundo faz pecado
Logo assim que a missa termina
Todo mundo tem um primeiro namorado
Só a bailarina que não tem

Sujo atrás da orelha
Bigode de groselha
Calcinha um pouco velha
Ela não tem

O padre também
Pode até ficar vermelho
Se o vento levanta a batina
Reparando bem, todo mundo tem pentelho
Só a bailarina que não tem

Sala sem mobília
Goteira na vasilha
Problema na família
Quem não tem
Procurando bem
Todo mundo tem...

textinho de ballet do dia


(Toquinho)

Um, dois, três e quatro,
Dobro a perna e dou um salto,
Viro e me viro ao revés
e se eu caio conto até dez.

Depois, essa lenga-lenga
Toda recomeça.
Puxa vida, ora essa!
Vivo na ponta dos pés.

Quando sou criança
Viro orgulho da família:
Giro em meia ponta
Sobre minha sapatilha.

Quando sou brinquedo
Me dão corda sem parar.
Se a corda não acaba
Eu não paro de dançar.

Sem querer esnobar
Sei bem fazer um grand écart.
E pra um bom salto acontecer
Me abaixo num demi plié.

Sinto de repente
Uma sensação de orgulho
Se ao contrário de um mergulho
Pulo no ar num gran jeté.

Quando estou num palco
Entre luzes a brilhar,
Eu me sinto um pássaro
A voar, voar, voar.

Toda bailarina pela vida vai levar
Sua doce sina de dançar, dançar, dançar...

como fazer abertura total de pernas?

Respondendo a pergunta de muitas bailarinas: COMO FAZER A FAMOSA ABERTURA TOTAL DE PERNAS??? Impossível?!!!! Nunca!!!!!Conversando com algumas bailarinas experientes descobri alguns métodos para que esse sonho possa se realizar mais RÁPIDO!!!!

limpeza das sapatilha de pontas


  • Faça uma mistura de "veja multi-uso" e "água" , diluindo um no outro , pegue uma escovinha(pode ser escova de dentes velha) e vá esfregando até ela ficar limpinha. Não fica nova , fica um pouquinho desbotada , mas é a dica que melhor funciona!!