textinho de ballet do dia


(Anna Luisa)
Eu vou te contar
O segredo da bailarina que veio do mar
Ela é filha protegida de iemanjá
É sereia prisioneira do rabo de peixe
Que em noite de lua, vira pássaro e foge do mar
Eu vou te contar
O segredo da bailarina que veio do mar
Ela é filha protegida de iemanjá
É sereia prisioneira do rabo de peixe
Que em noite de lua, vira pássaro e foge do mar
Ela só dança sobre pétalas de rosas brancas
Banhadas nas águas do sal
O seu vestido vai florido até lá no pé
E esconde o doce mistério do "pássaro-peixe" que vira mulher
Eu vou te contar
O segredo da bailarina que veio do mar
Ela é filha protegida de iemanjá
É sereia prisioneira do rabo de peixe
Que em noite de lua, vira pássaro e foge do mar
Desfila prosa
Que só quem é filha de rainha
Acima do bem e do mal
E vai gingando rodeada de sete tambores, sete vidas, sete cores
E a dama faz um carnaval
Eu vou te contar
O segredo da bailarina que veio do mar
Ela é filha protegida de Iemanjá
É sereia prisioneira do rabo de peixe
Que em noite de lua, vira pássaro e foge do mar
E quando canta, o seu canto é de partida
Pros braços da mãe adorada
Numa girada, feito coisa de feitiço
Bailarina vira flor e o menino devolve pras ondas do mar
Eu vou te contar
O segredo da bailarina que veio do mar
Ela é filha protegida de Iemanjá
É sereia prisioneira do rabo de peixe
Que em noite de lua, vira pássaro e foge do mar
Eu vou te contar
O segredo da bailarina que veio do mar
Ela é filha protegida de Iemanjá
É sereia prisioneira do rabo de peixe
Que em noite de lua, vira pássaro e foge do mar

0 Comments s2: