Indico

Primeira indicação que fazemos mas estes blogs merecem!!
"Vocês conhecem o Ballerina Project? Há quem já conheça, mas para quem não conhece, é um projeto realizado por vários artistas, que fotografam bailarinas em centros urbanos. Conceito simples que resulta em imagens incríveis."
O blog Pirouettes é lindo com um conteúdo de primeira, design impecável!!...Resumo: Esse é TUDO DE BOOOM!!Amei ele fala de vários passos de ballet etc. e dá várias dicas imaportantes para as bailarinas!!
Dos passos da Bailarina é parecido com o Pirouettes mas ele é mas simples mas também com um design e conteúdo ótimos !!

Pirouettes
Ballerina Project
Dos Passos da Bailarina


Amei estes blogs!! Parabéns e espero logo fazer parceiras com vocês!!

Eu errei!! Eu cai!!

Eu não tenho medo de cair no palco, tenho mais medo é de não dançar. Cair, isso não é motivo para parar de dançar a coreografia ou para ficar com vergonha... todo mundo cai. Lógico, que a coreografia perfeita é sempre mais bonita, mas tem bailarinas que não ligam muito para a perfeição.Você acha que seu elas ligassem para a perfeição elas ainda estariam dançando? Não! Eu, assim como todo mundo, erro e não tenho medo de admitir isso. Eu gosto de dançar, isso é o que importa... Claro que não gosto de errar mas... Fazer o que né?...

Problemas e soluções para bailarina

Os problemas de quem usa a sapatilha de ponta e suas soluções

Minha fotoUsar as sapatilhas de ponta pode ser complicado. Encontrar uma sapatilha de ponta que se encaixa no pé adequadamente pode levar algum tempo. Depois de encontrar a sapatilha de ponta certa para seus pés, você pode precisar fazer alguns ajustes, a fim de encontrar o ajuste perfeito. Veja os cincos problemas e soluções para você que usa a sapatilha de ponta:
1. Dor no dedão
Se você está sentindo dor no dedão do pé ou as unhas estão ficando machucadas, primeiro cheque para verificar se a sapatilha não está pequena ou larga demais.
Uma vez que você tem certeza que o ajuste está correto, tente as seguintes técnicas:
• Gel ou Espuma Almofada: Coloque um pequeno protetor de espuma ou gel debaixo de seu dedão do pé. O protetor deve ser suficientemente grande para chegar ao topo de sua unha.
2. Segundo dedo do pé grande
Se o seu segundo dedo é maior que seu dedão do pé, coloque um pedaço de gel ou espuma na ponta de seu dedão para ficar do mesmo comprimento que o segundo dedo do pé.
3. Dor no Joanete
Se o seu segundo dedo é maior que seu dedão do pé, você pode ter muito espaço entre os dois. Esse problema, por vezes, resulta em dor no joanete comum. Tente utilizar um separador do dedo do pé no espaço. Se a dor persistir, um podólogo ou ortopedista pode ajudar com a dor no joanete.
4. Dores ou atrito
Se você está propenso a pontos doloridos ou atrito da pele, tente enrolar os dedos doloridos com uma fita de espuma com elástico.
5. Sapatilhas não firmes no pé
Se as sapatilhas de ponta não estão seguras no seu pé, e seu pé fica lá dentro deslizando verifique se a sapatilha não está grande demais. Se o ajuste está correto e as fitas e elásticos estão fazendo seu trabalho, tento colocar um protetor maior na ponta dos seus dedos ou uma palmilha para deixar seu pé  mais confortável  e firme dentro da sapatilha.

Arabesques

Arabesques: O que são?
Os arabesques contituem uma das poses básicas do Ballet Clássico. A denominação 'arabesque'  provém da forma de ornamente (arabesco), mourisco. Para desenvolver a pose do arabesque, o corpo apoia-se sobre uma das pernas, mantendo a outra posicionada atrás, completamente estendida, formando um angulo de 90 graus. O tronco é posicionado para a frente e deve estar completamente alongado, a coluna deve estar muito viva e ascendente, o quadril em simetria com os ombros e os braços estendidos na posição correspondente.

O ballet

Na minha opinião, o Ballet não pode ser uma ameaça a ninguém, todos podem dançar Ballet!! Apesar da grande rotação dos joelhos e dos pés (en dehors) poder prejudicar a saúde de alguém com ossos fracos, essa rotação também os fortalece. O Ballet Clássico deixa os músculos fortes, aumenta sua flexibilidade, resistência, em alguns casos a agilidade, não é a toa que falam que o Ballet Clássico é uma das danças mais difíceis que existem! Ele corrige a sua postura, te torna mais saudável, além de queimar calorias né? Só existe uma frase para expressar os prós e contras do Ballet Clássico:

O Ballet é TUDO de bom...!

Habitos involuntários :/


Mesmo que sem querer, nós, bailarinas, acabamos adquirindo pequenos hábitos os quais realizamos involuntariamente. De fato, somos surpreendidas em atitudes ou algum movimento nosso feito fora do Ballet.
Já se torna normal para uma bailarina hábitos como: enquanto conversar com alguém, subir na meia ponta; atravessar o corredor dançando ao invés de andar; dizer que assistir TV é hora de se alongar; fazer pirouettes pela casa; treinar os grand jetés ao andar; e principalmente sempre contar até 8 antes de fazer algo.
Acredito em apenas uma teoria que possa justificar tais hábitos, parece mágica, é como se o Ballet estivesse presente no sangue, e corresse pelas veias, fazendo-nos dançar, dando-nos tal liberdade de sonhar. E essa é a melhor das sensações!

Pézinhos de bailarina

Há quem diga que é feio; estranho e até mesmo nojento. No entanto, são apenas comentários de pessoas que não conhecem. E para ser sincera, a relação existente entre os bailarinos e os pés, é totalmente intensa, chegando ao fetiche.
Acredito que o pé seja o ‘instrumento’ mais digno de uma bailarina. Eles são conseqüência de um trabalho árduo. Entre nós, esses pés são os mais lindos e são essenciais para tal desempenho com as sapatilhas de ponta.

Dessa forma, chego a seguinte conclusão: Bailarinas são vitoriosas, pois apesar dos machucados nos pés, dos tombos durante os ensaios, do corpo dolorido depois de uma aula, ainda conseguem ser graciosas e dançar como se nada tivesse acontecido... E fazem muita gente feliz por ver um espetáculo executado com prazer.




Protega seus pézinhos



Aqui vão algumas dicas de como proteger bem os pés para usar as sapatilhas de ponta.

  • Faça uma boa massagem antes: Em primeiro lugar, faça movimentos circulares por todo o pé, estale todos os dedos e estimule os pés, os mexendo e os movimentando de formas variadas, estique-os e depois flexione-os várias vezes do modo que achar melhor, até conseguir o resultado desejado.
  • Passe um bom hidratante: Pegue o frasco do hidratante e coloque em sua mão, procure não exagerar, passe somente o suficiente, passe muito bem em toda a extensão do pé, e espere secar um pouco.
  • Passe um pouco de talco: Depois de passar o hidratante e deixá-lo secar, é a hora de passar o talco, passe um pouco na sapatilha e um pouco nos seus pés, só o suficiente e nunca exagere.
  • Coloque fita adesiva entre seus dedos: Pegue fita adesiva(aquelas de colar cartazes na parede) e enrole um pequeno pedaço entre cada um dos dedos de seu pé, além de cobrir as bolhas, protege mais os dedos e deixa a bailarina mais confortável.
  • Faça um bom alongamento: Alongue seus pés, force a meia-ponta e a ponta, faça alguns relevés e treine um pouco antes de colocar as sapatilhas.

  • Quando colocar a sapatilha: Veja se a sapatilha foi colocada corretamente, se as fitas foram amarradas de maneira correta e fique na meia-ponta durante quatro segundos e na ponta durante seis, para a sapatilha já estar "aquecida".
  • Aqueça muito bem: Faça vários relevés e elevés lentos, passando muito bem pela meia-ponta, treine os passos que você mais realiza e treine sua postura na ponta e seu equilíbrio.
  • Treinando pliés: Faça vários pliés e grand-pliés para treinar a força da sapatilha, treine em todas as posições e em várias posições para treinar mais.
  • Um pouco antes da aula: Faça um pré-aquecimento, treinando muito bem a força dos pés, tente alongar o peito-de-pé o máximo que pode e não se esqueça de alongar bem as pernas.
  • Quando começar a aula: Procure relaxar e, se sentir dores, faça o exercício com mais calma para que tudo se saia muito bem.

  • Quando tirar a sapatilha: Retire a ponteira dela e guarde-a em um saco apropriado, quando chegar em casa coloque-a no Sol ou em um lugar quente durante, no máximo, 15 minutos, assim como a ponteira, coloque um pouco de talco em cada uma delas e deixe em um local ventilado até a próxima aula.
  • Para os seus pés: Prepare uma bacia de água morna com sal grosso e óleos essenciais e deixe seus pés lá relaxados por, no máximo, 20 minutos, estimule bem os pés.
  • Passe novamente um pouco de hidratante: Passe em uma quantidade menor do que a que você tinha passado anteriormente e, novamente, deixe secar.
  • Relaxe os pés: Agora relaxe-os e deixe-os relaxar um pouco, coloque algumas meias com um pouco de talco e deixe-os lá.
  • Alongue-os: Depois de relaxar bem os pés, alongue-os, mas, sem exageros, só para deixá-los alongados.
Aqui estão as dicas de como cuidar e proteger seus pés!! Tudo fica ao seu gosto!!

Ballet pelas ruas

ballet
Coisa mais bonita é ver o ballet pelas ruas
Veja algumas imagens
"Ballet on Street"
balletballet


Depoimento

Irei postar um depoimento de uma jornalista conceituada e especializada em ballet!
Leia :
Tenho que admitir. Morri por dentro em não ir ao Festival de Dança de Joinville no ano passado. Sinto falta de ouvir e cantar: 
"Dança Joinville, dança o meu coração, a vida é um palco, movimento emoção
As flores da cidade, vão dançar com você
Vem para Joinville, nós queremos te ver
Se quiser ler todo o depoimento clique em "leia mais"

Cambré

Hoje vou mostrar fotos de um movimento do ballet 
chamado Cambré, que significa-arqueado. É dobrar 
o corpo a partir da cintura, para a frente, para trás ou
para os lados, 
a cabeça acompanha o movimento.

Cambré é dificil, ao mesmo tempo ele é simples, 

mas é complexo. 
Primeiro trabalho é a flexibilidade, mas o que adianta 
conseguir ser flexivel na coluna e esquecer do braço, 
esquecer do joelho, esquecer do ombro, esquecer o 
pescoço, esquecer a cabeça ou se você faz tudo isso, 
mas não faz o essencial, deixar que o coração sinta 
o cambré.....
Com certeza a beleza do cambré evapora...no mesmo 
momento. O Cambré  é usado em tantas coisas no ballet, 
então vamos caprichar no movimento. 
Olhe as fotos e capriche, afinal...

são fotos que  inspiram a cada dia melhorar o seu cambré!!!


#Naomorri

Tumblr_lo466eihya1qcebqo_largeDesculpem esse tempinho sem postar é que eu fico procurando PNG's e tutoriais para o blog para melhorar o design e a qualidade e acabo esquecendo de postar agora estou enchendo de postagens!!!
http://3.bp.blogspot.com/-c2LcvoxT62U/TpReD0Cy_LI/AAAAAAAADeg/6nqt4pfrx_k/s1600/candy.png Espero que gostem dessa montanha de postagens bailarinas e bailarinos blogueiros

Textinho bailarinistico

Ballet_class_music_largeDança, bailarina, dança…
Põe nos teus passos toda a harmonia
E toda a poesia nas pontas de teus pés
Em gestos nobres, faze surgir a fé!!!
Gira, bailarina, gira…
Vai girando e semeando amor,

Mais depressa que as voltas do mundo,
Pra que haja tempo de matar a dor!
Baila, bailarina, baila…
Traze contigo a primavera
Pra florir os campos, florescendo a Terra,
Numa explosão de cores que tua dança encerra.
Faze de tua arte uma suave prece
Capaz de enternecer os corações de pedra
Faze tua música soar tão alto
Calando assim os estopins da guerra!!!
Mostra ao Homem que o teu bailado
Expressa a vida nesse simples ato…
Onde o amor é tudo, onde o amor é nato.
Que em teus saltos ponhas tua garra
Seguindo sempre a luz de teu clarão,
Quebrando muros para unir os povos
Num universo único, onde se dêem as mãos.
Abre tua alma, no esplendor da dança…
Não desistas nunca e verás, enfim,
Bailar no campo, doce e cálida esperança,
Em meio às flores de um lindo jardim…

London Children's Ballet


London Children’s Ballet. É uma companhia formada por meninas de 9 a 14 anos e meninos de 9 a 16 anos. Eles experimentam como é o lado profissional, mas os espetáculos têm “cara” de criança. Sem falar na qualidade das montagens.
E as meninas, TODAS na meia-ponta?



Veja o vídeo :3





Noções de espaço

Toda bailarina deve ter noções de espaço e posições dentro de um segundo espaço único, como se estivesse dançando dentro de uma caixinha de música.


Croisé > cruzado

A la seconde> ao lado

Effacé >de frente

Ecarté > separado

Derriére >atrás

Devant > na frente

As mãos da bailarina

Tumblr_lrz87cg0tz1qcnpmeo1_500_largeAs mãos de uma bailarina representam a leveza e a pureza de um ser incrível que é a bailarina.Por tanto devemos posicioná-las corretamente:

As mãos devem parecer um complemento estendido e cada vez maior do braço, portanto ajuntamos os dedos mínimo,anelar e médio, e escondemos o polegar para representar esta continuação e elevamos um pouco o indicador para arredondar o movimento. A figura acima mostra a posição correta em dois diferentes ângulos.

Abecedário da bailarina

 
Tumblr_ltnq0fruar1qcbvlzo1_500_largeAmizades encontrei
Ballet é vida
Confiança
Dança não cansa
Elasticidade para descer num grande cá
Força para se sustentar nas sapatilhas de ponta
Garra para estar sempre vencendo as dificuldades
Hoje é dia de dança
Inteligencia e paciência
Jamais desista dos seus sonhos
Leveza em cada passo
Marcação de passos, não pode haver distração
Nada faz uma bailarina cair
Orgulho de dançar
Prazer de dançar
Quantas sapatilhas será que já gastei?
Razão de vida
Studio ,o melhor lugar do mundo!
Toda sua vida é um grande palco.
Um dia você chega ao topo
Você tem talento basta acreditar
Xiiiiii acabei de rasgar minhas meias! hahahhaa
Z.... Z..... Z... hora de descansar

En dehors

Tumblr_leh7k5fara1qau6j3o1_500_large_large
O en dehors usado no ballet clássico tem origens antigas e representa estabilidade
No en dehors usa-se pernas e joelhos esticados
e os pés virados para fora em cerca de 90ºgraus,vide gravura:


Antigamente era aconselhado usar o en dehors para conseguir mais estabilidade ,pois os figurinos eram deveras pesados e grandes.
Anatomicamente é uma rotação exercida pela fêmur e seus músculos responsáveis que são o sartório,o ilio-psoas, o glúteo maximus e o bíceps femoral.

Ballet Paquita

1+by+anson+smart+for+donna+hay-dustjacketattic.blogspot.com_largeA história transcorre em Saragoza, na Espanha. Em uma festa na casa de Dom Lopez ,estão todos sentados esperando a dança dos ciganos. Dom Lopez tenta aproximar Lucien, seu filho, da filha do governador. Os dois jovens não gostam muito da idéia. Entra Paquita, a cigana, e Inigo, o chefe dos ciganos e começam a dançar. Paquita e Lucien trocam olhares. Ao acabar a dança, Inigo pede a Paquita para passar o chapéu entre os convidados. Ela não gosta e Inigo ameaça bater-lhe, quando Lucien surge na sua frente. Inigo percebe o interesse de Lucien em Paquita. O governador chama Inigo e juntos tramam a morte de Lucien, combinando de usar Paquita para atraí-lo. Paquita e Lucien encontram-se a sós e ele pede a ela que fuja com ele. Ela, assustada, não aceita. Todos vão embora, e Lucien diz que irá depois, porque os ciganos darão uma festa em sua homenagem. Enquanto isso, Inigo e o governador estão tramando a morte de Lucien. Quando Paquita escuta que eles colocarão veneno na bebida do jovem, eles se retiram e, Paquita, nervosa, faz barulho. Inigo a surpreende, mas ela o convence que acabara de entrar. Entra Lucien, que pede abrigo a Inigo, que concorda. Paquita tenta avisá-lo por sinais de que corre perigo. Inigo pede que Paquita prepare a refeição. Lucien se dá conta do perigo. Durante o jantar, Paquita mostrará o que ele pode beber ou não. Ao chegar a bebida envenenada, Paquita derruba uns pratos e, na confusão, ela troca os copos. Logo depois, Inigo adormece. Os dois fogem, pois os guardas do governador iriam chegar para matar Lucien. Os dois vão até a casa do Conde de Hervilly, onde contam que o governador tramou tudo com o cigano. Paquita reconhece a fisionomia do Conde como se fosse seu pai. O Conde diz que ela era sua sobrinha, e que seu irmào havia sido morto por ciganos. Ela entende ser a única sobrevivente do ataque, passando a ser criada por Inigo. O Conde manda prender toda a comitiva do governador, e adota sua sobrinha dando uma bela festa junto com Lucien.

Resultado do concurso

Oii, vocês devem estar super empolgadas em saber o resultado, então, vamos ao resultado...
Vejam o resultado na página do concurso!!!
aquii --> 1º concurso "Blogueiras de plantão" - Resultado

A técnica do ballet

balletshoes
A técnica do ballet refere-se a um sistema de anatomia correto com estratégias que permitam atingir a articulação, combinando execução e expressão artística dos passos de ballet.
A técnica de ballet tem apenas pequenas variações regionais a nível mundial. Diversos métodos de treinamento foram criados,  para cada estilo de ballet um treinamento específico.
O Ballet (especialmente ballet clássico) coloca grande ênfase sobre o método e execução do movimento.
Estes princípios fundamentais e as etapas incluem alongar o corpo –  “puxar para cima” (uma expressão popular usada para descrever boa postura e elevação dos músculos de forma a aumentar a participação, qualidade e quantidade de voltas de uma piroueta, e um alinhamento adequado), postura, apontando o dedo do pé, e flexibilidade.
Em geral, referindo-se à execução de dança, uma bailarina com boa técnica exige um bom alinhamento.Quando o alinhamento refere-se a capacidade da bailarina de manter a cabeça, ombros e quadris alinhados verticalmente, refere-se a capacidade da bailarina  para realizar movimentos alternados com as pernas e braços, com saltos e giros.

Metas Atingidas!!

                                      Mais uma meta alcançada!!! Nova meta de 200 postagens

Nova meta de comentários 80


Ballet

Um, dois, três e quatro,
Dobro a perna e dou um salto,
Viro e me viro ao revés.
E se eu cair conto até dez.

Depois, essa lenga-lenga
A lenga toda recomeça.
Puxa vida, ora essa!
Vivo na ponta dos pés.

Quando sou criança
Viro orgulho da família:
Giro em meia ponta
Sobre minha sapatilha.

Quando sou brinquedo
Me dão corda sem parar.
Se a corda não acaba
Eu não paro de dançar.


Sem querer esnobar
Sei bem fazer um gran de car.
E pra um bom salto acontecer
Me abaixo num demi plie.


Sinto de repente
Uma sensação de orgulho
Se ao contrário de um mergulho
Pulo no ar num gran geté.
Quando estou num palco
Entre luzes a brilhar,
Eu me sinto um pássaro
A voar, voar, voar.

Toda bailarina pela vida vai levar
Sua doce sina de dançar, dançar, dançar

Esticando os pés corretamente, e ter um belo colo do pé

A maioria dos bailarinos profissionais têm pelo menos uma coisa em comum … os pés muito bem esticados. O segredo para um pé bonito encontra-se no dorso do pé, a parte superior do pé entre o tornozelo e o pé. Um belo pé tem um colo de pé exagerado … ele fica alto quando o pé está esticado.
Naturalmente, alguns bailarinos são abençoados com a capacidade de esticar os pés corretamente, sem muito esforço e ter um lindo colo de pé.
Bailarinas com os pés ou tornozelos mais finos parecem ter pés mais bonitos. Se você não é um dos poucos sortudos com os pés naturalmente belos, as seguintes dicas irá ajudá-los a aprender como esticar corretamente os seus dedos. Se você seguir os passos corretamente e frequentemente, você pode ter em breve um dos pés mais bonitos pontos da sua classe.
• Sente-se no chão com as pernas em en dehors na frente de você e seus joelhos esticados.
• Flexione os pés, puxando os dedos dos pés em direção ao corpo. Tente apontar os dedos dos pés para o teto. Não se preocupe se levantar os calcanhares do chão.
foto-1


Dobre os tornozelos
• Dobre os tornozelos em direção ao chão. Permitir que os calcanhares descansem no chão, puxando os dedos dos pés de volta para você. (Muitos professores de ballet chamam essa posição de “pés Alladin”, já que os pés são semelhantes aos de um gênio.) Dobre os tornozelos, na medida do possível, certificando-se de que seus pés não se curvem para dentro ou para fora.
foto-2

 Estique os dedos dos pés em direção ao chão. Tente não apertar os dedos dos pés … ao invés disso, se esforce para torná-los uma extensão das curvas de seus pés. Esticá-los, tanto quanto possível, tornando as linhas mais longas possíveis. Segure esta posição por alguns segundos. Se você começar a sentir dores, relaxe seus pés e comece de novo.
foto-31

Fazendo um developpe

Como fazer um Developpe?
O developpé é um movimento de grande desdobramento que exige boa flexibilidade.
Começam na quinta posição com a sua mão segurando a barra levemente para o equilíbrio.
Eleve a perna, permitindo que o seu dedo esticado descanse no seu tornozelo da perna de apoio. Certifique-se de seus dedos estão esticados.
Vai deslizando os seus dedos até chegar no seu joelho. Levante a perna de forma suave e graciosa.
Estenda a perna suavemente, lentamente esticando o joelho. Mantenha as costas retas e seus dedos do pé esticados e firmes. Mantenha sua perna ainda na posição en dehors e desça lentamente para terminar o movimento na quinta posição.

Fazendo um detiré

Como fazer um Detiré?
O detiré é um ótimo passo para mostrar flexibilidade. Requer prática, e muito alongamento.
Se alongue todos os dias para se acostumar e uma vez que estiver bastante flexível e aquecido, siga estes passos:
 - Segure-se em uma barra, uma cadeira, uma parede ou em outra pessoa para manter o equilíbrio.
 - Faça um developpé até o joelho.
 - Alcance em torno de sua perna e agarrar seu tornozelo. Lentamente, estenda o joelho.
 - Mantenha a posição por alguns segundos, certificando-se que seus quadris estão encaixados e seu tronco reto. Não se esqueça de esticar o pé!

Fazendo um eleve perfeito

Como fazer um Eleve?
Aprendar passo a passo como se faz um perfeito eleve.
De frente a barra
 
Frente a barra, com ambas as mãos apoiadas levemente sobre a barra de equilíbrio. Seu peso deve ser equilibrado uniformemente entre ambos os pés.
Levante os calcanhares do chão
 
Pressione lentamente até o peito dos pés, erguendo os calcanhares do chão ao mesmo tempo.


Levante-se para meia ponta ou ponta
Levante os calcanhares até ficar bem firme na meia ponta, tente nesse momento soltar a barra de equilibrio e bem encaixada fique alguns segundos nessa posição. Se estiver de sapatilha de ponta suba até as pontas dos pés.

Abaixe os calcanhares

 
Lentamente abaixe os calcanhares no chão

Meta atingida

Conseguimos alcançar a nossa meta mais esperada que é a:
e a nova meta de seguidores e de 100 seguidores!!

Vivendo um sonho


Elas estão dançando a coreografia como a do filme da Barbie que é:
Barbie e o Quebra-Nozes
Vejam:

Videos de ballet

. Achei um vídeo que é o solo "Esmeralda" e também é o solo que no Ballet. Mas se alguns não conhecem eu peguei um vídeo do youtube de uma garota em uma competição no japão. 



Dicas para: abertura de pernas

 Este post é sobre as aberturas de pernas ou espacate que toda bailarina sonha em consegui-lo inteiro, então hoje vamos ás dicas para que você também consiga


*Comece em pé, e sem dobrar o joelho pegue no pé e fique pelo menos 30 segundos.
*Faça borboleta por pelo menos 2 min.
*Sente-se estique a perna a frente do corpo e tente encostar a cabeça no joelho e pegar as pontas dos pés.
*Tente fazer abertura ate onde conseguir depois levante e comece tudo de novo.
*Lembre-se de se alongar todo dia, assim você adiquire flexibilidade

Tudo sobre sapatilhas de ponta

Algumas coisas as quais a sua professora observará podem te ajudar durante o periodo de meia ponta! ela notará se você:
-tem meia ponta esticada
-tem os joelhos esticados
-tem bom en dehors
-se vc consegue fazer 16 elevés seguidos sem desequilibrar ou pausar

-se vc compreende o nome dos passos, ou boa parte dos nomes
-postura
-Força nas panturrilhas e coxas

Na hora da compra:
Comprando as sapatilhas
O momento da compra das sapatilhas de ponta é muito importante, pois seu desempenho com elas depende da escolha correta. Existem vários tipos de sapatilhas para os mais diversos formatos de pés, escolha o mais adequado para você.
Como escolher sua sapatilha:* Para iniciantes, o ideal são as pontas mais macias, flexíveis, que vão se amoldar facilmente nos pés e não machucam(as estudantes).* As meninas com pés fortes (musculatura forte) devem escolher pontas resistentes, para durar mais e evitar que se torça o tornozelo com a sapatilha mole demais.* Cuidado com as sapatilhas importadas, elas costumam ser mais caras e nem sempre são as mais adequadas para o seu tipo de pé!!* Sapatilha de ponta apertada demais dá bolha no calcanhar, e grande demais dificulta o trabalho dos pés além de tirar a estabilidade da bailarina.* Para ver se a sua sapatilha está do tamanho certo, tente mexer os dedos. Se tiver muito espaço, ela está larga ou grande. Depois, com o pé no chão, veja se a lona está esticada no calcanhar, se não estiver, também está grande. Suba na ponta e confira se a lona no calcanhar está sobrando um pouquinho: caso não esteja, cuidado! A ponta está apertada, vai machucar e rasgar rapidinho.* Para quem tem pés largos, cuidado na escolha de sua ponta. As sapatilhas costumam ser muito finas, e além de machucarem, atrapalham o trabalho dos dedos. Existem sapatilhas especiais para os pés largos.
Como amarrar a sapatilha:* Primeiro, costure as duas pontas do elástico acima da costura do calcanhar, de modo que o elástico dê uma "voltinha".* Costure uma fita (aproximadamente 45 cm) de cada lado da sapatilha. Para saber o lugar exato, dobre o calcanhar da sapatilha em direção da sola. O lugar onde a lona está dobrada é onde a fita deve ser costurada.* Ao calçar a sapatilha, o elástico já entra em volta do tornozelo. Cruze as fitas na frente da perna primeiro, depois atrás, na frente de novo, e amarre atrás, com dois nós (não tem laço). Certifique-se que ele não vai soltar, e coloque as pontinhas da fita para dentro da parte amarrada.* Não suba a fita pela perna ao enrolá-la. Ela deve ficar bem embaixo, amarrada junto ao tornozelo.

Primeira aula de ballet

o que levar na bolsa do ballet. Algumas coisas não é preciso se você for vestido (a):
*A sua roupa,collant,meia calça e saia (alguns professores não gostam de saia)
*Sapatilha meia ponta
*Uma latinha de grampos (pra fazer o coque)
*Redinha (so quem quiser)
*Agua, é sempre bom levar.
*Outra roupa e outro sapato q não seja de ballet, pois é sempre bom conservar a sua roupa e sua sapatilha.
*Gelol ou algum remedio pra dor, pois mesmo se vc não usa sapatilha de ponta, alguns outros lugares podem doer.
*Uma bolsa grande pra caber tudo direitinho, sem q nada fique, apertado a ponto de fuxicar (saia)
*Uma sacola plastica para poder colocar sau sapatilha de meia ponta dentro dela, para poder conserva-la.
Comportamento dos iniciantes:
*Não converse no meio de uma explicação, alias não converse em hora nenhuma, apenas pergunte para a professora coisas que na qual não tenha entendido.
*Postura, mesmo vc sendo novata, postura é fundamental
*Não brinque de pega-pega,ou qualquer outra brincadera, seja antes ou depois q a professora entrar.
*Não pense q suas colegas de classe são suas inimigas, ou role um clima de competições entre vcs, considere-as parceiras, q podem dividir com vc experiencias, sobre Ballet.
*Tente nunca faltar as aulas, e se faltar tenha justificativa.
*Nunca falte com respeito com sua professora, certa ou errada ela é a autoridade maxima dentro da sala de Ballet.
*Aproveite cada instante dentro da sala de aula de Ballet, pois cada minuto, é magico e perfeito aproveite.

Up do blog

Aviso :
dias 08/10, 09/10 e 10/10 o blog terá um "up" para ficar ainda melhor para vocês!
Aguarde, por que vocês vão A-M-A-R

Grandes nomes do ballet - Mikhail Baryshnikov

Hoje irei falar sobre um grande nome da dança, que é o grande:

Mikhail Baryshnikov
Mikhail Baryshnikov Nikolaevitch nasceu em 27 de janeiro de 1948 em Riga, na URSS. Ele começou a estudar balé em 1960, aos 12 anos. Em 1964 ingressou na Escola Vaganova para continuar os seus estudos de ballet.
Ele logo começou a ganhar honras e os papéis de liderança em grandes ballets. Ao vê-lo dançar na União Soviética, Clive Barnes, um crítico do New York Times, chamou-o de o mais perfeito bailarino que já tinha visto.
Partindo da Rússia:
Baryshnikov decidiu se mudar para o oeste. Primeiro ele desertou para o Canadá, em seguida, fez o seu caminho para os Estados Unidos. Durante seus primeiros dois anos longe da Rússia, ele dançou com 13 coreógrafos diferentes.
Ballet da Cidade de Nova York:
Em 1978, Baryshnikov se tornou o principal bailarino do New York City Ballet, sob a direção de George Balanchine. Com seu estilo distinto ele ganhou muitos papéis principais, embora nunca Balanchine tenha criado um novo trabalho para ele.
Em 1980, ele mudou seu papel de intérprete a diretor, tornando-se diretor artístico do American Ballet Theatre.
Carreira na televisão e no cinema:
Baryshnikov começou a dançar para a televisão americana em 1976. Em 1977, a CBS trouxe a produção do Quebra-Nozes, no American Ballet Theatre para a televisão.
A produção continua a ser a famosa produção televisiva mais popular e mais frequentemente mostrada do Ballet Quebra-Nozes.
O DVD é um sucesso de vendas durante a época de Natal. É também uma das únicas duas versões de “O Quebra-Nozes”, a ser nomeada para um Emmy Award.
Ele também retratou um famoso bailarino russo em 1977 no filme The Turning Point, recebendo uma indicação ao Oscar. Mais tarde, ele estrelou o filme de 1985 White Nights, e Sex and the City.
Vida em família:
Baryshnikov tem três filhos com a ex-bailarina Lisa Rinehart, embora permaneçam solteiras. Ele também tem uma filha de um relacionamento anterior com a atriz Jessica Lange.

Afiliação

Oii se quiserem afiliação ou parceria comentem aqui, por que vou fazer uma página extra. Com as afiliações,parcerias,etc...
Se quiserem fazer afiliação comentem este post
beijinhos

Bailarinas e o carma com as bolhas


Oii pessoal,hoje vou falar de um assunto que todas as bailarinas sofrem: as bolhas
Isso é um horror para as bailarinas,todas nós que usamos sapatilhas de ponta temos que estar preparadas para elas!
Veja como se livrar delas ou evita-las:
Bailarinas e Bailarinos: Como evitar as bolhas?

Como a maioria dos bailarinos sabe, as bolhas são lembranças dolorosas da dança que se reflete nos pés. Se causada por sapatilhas de ponta, sapatos de sapateado ou pés descalços no chão de madeira, as bolhas parecem ser uma parte da vida de cada bailarino. A melhor maneira de lidar com bolhas é evitá-los, em primeiro lugar.