Aumente a autura da sua perna no developpé

Quando iniciamos no mundo do ballet, temos a tendência a pensar que tudo que precisamos é alcançar uma boa flexibilidade e que o que quer que não estejamos conseguindo fazer, com a prática tudo vai se resolver. No entanto, existem mais fatores envolvidos.
Como vocês devem ter percebido, fazer um developppé alto não é uma mera questão de flexibilidade, pois muitas meninas que conseguem abrir um grand ecart encontram dificuldades na hora de manter essa mesma abertura quando estão em pé. É preciso também sustentação. Mas para se conseguir sustentação é preciso que as coxas estejam fortalecidas, caso contrário, a execução do passo se torna muito penosa e só se consegue manter a perna alta apelando para a ajuda das mãos.
A questão, no entanto, não para por aí. Muitas vezes quando vamos realizar um passo, praticamos da maneira errada, pois trabalhamos os músculos incorretos e acabamos sendo mal sucedidos no exercício.


 
No caso do developpé, isso acontece especialmente quando se usa os músculos anteriores para levantar as pernas quando o correto é usar o quadril.
Para eliminar esse vício, a fisioterapeuta Lisa Howell, indica o seguinte:
  • Deite de costas no chão com as pernas esticadas e as mãos nos quadris.
  • Vagarosamente faça um passé, sentindo os músculos interiores trabalhando.
  • Coma ajuda das mãos certifique-se de manter os quadris no lugar, sem desencaixar.
  • Ainda devagar, faça o developpé devant, controlando o en dehors a partir dos quadris. A perna estará mais alta e você deve se concentrar em trabalhar com o quadril encaixado.
  • Desça a perna devagar e, para não arquear as costas, use os músculos abdominais.
Se você conseguir controlar a perna e a pélvis com um developpé de 90 graus sem mover os quadris, será capaz de fazer um developpé a uma altura maior quando deixar que a pélvis seja envolvida no movimeto. Se você precisar se esforçar muito para conseguir o developpé de 90 graus, será mais difícil conseguir uma altura maior e terá que trabalhar mais na estabilidade, concentrando-se em manter o quadril no lugar.
Para fazer o exercício a la seconde, deite de lado e tome os mesmos cuidados com o quadril, mas neste caso, precisará mover um pouco o quadril no final do movimento, no entanto evite relaxar o controle e abusar da rotação.
Praticando o passo nessa posição, seus músculos saberão controlar a pernas de maneira mais fácil e sua extensão deve melhorar e quando você praticar em pé, saberá controlar e trabalhar melhor o corpo.

Você também pode manter os pés esticados por 30 segundos antes de voltar para o flex, isso aumentará a eficiência do exercício.
Lembre-se de fazer os exercícios frenqüentemente para que tenham efeito.
Você pode começar fazendo 8 vezes cada exercício e depois tentar fazer 16 e 32 vezes!

0 Comments s2: